COVID -19 faz com que a Madeira registe uma quebra de 20% no Turismo

Devido ao Covid-19, a Região Autónoma da Madeira registou uma quebra de 20% no sector do turismo, com a evolução epidemiológica a exigir medidas “temporárias e excepcionais” a nível regional.

Miguel Albuquerque referiu que “no aeroporto, por exemplo, até ao mês de Fevereiro estávamos com uma recuperação, face ao ano homólogo, de quase de 8,4% [no movimento] e temos uma quebra de 4%”, explicando que os dados apontam para também uma "quebra entre 15 e 20% ao nível da hotelaria e das agências de viagens".

O governante apresentou várias medidas de recomendação, contingência e resposta para apoiar cidadãos e empresas no arquipélago face ao alastramento da epidemia de Covid-19.

As medidas abrangem os sectores empresarial, escolar, desportivo e cultural e foram anunciadas numa altura em que não há registo de qualquer caso de infecção pelo novo coronavírus na região autónoma.

aeMiguel Albuquerque disse também que serão observadas “todas as determinações das entidades desportivas nacionais”, nomeadamente no que respeita a eventos a realizar na região com “potencial para mobilizar audiências significativas”. As medidas de apoio às empresas passam pelo acesso à linha de crédito, no valor de 200 milhões de euros, criada Governo da República, mas também pela definição de uma moratória de 12 meses na amortização de subsídios reembolsáveis no quadro do Intervir Mais e do PO Madeira 14-20, que vençam até 30 de Setembro de 2020.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade