Agustina Bessa Luis é a nova aeronave da TAP, que se estreou hoje para Madrid

A TAP continua a baptizar as suas arenovaves, recentemente adquiridas à Airbus. Desta vez coube à, recentemente falecida, escritora Agustina Bessa Luís dar nome ao A320 Neo.

 

A literatura portuguesa foi, esta segunda-feira, homenageada pela TAP, com o baptismo de um dos seus novos Airbus A320neo, com a matrícula CS-TVB, com o nome “Agustina Bessa-Luís”.

Segundo a Companhia trata-se de uma "homenagem à que é considerada uma das maiores escritoras do mundo literário português contemporâneo".

A pintura do nome na aeronave, que integra a frota do médio curso da transportadora, aconteceu com a presença da filha da escritora, Mónica Baldaque, e de Mário Lobato Faria, Chief Technical Officer da Companhia.

A TAP baptiza os seus aviões "com nomes de personalidades de relevo cultural, social e histórico em Portugal". Agustina Bessa-Luís (1922-2019) "deixou um vasto legado no património literário e cultural português e é, por isso", homenageada agora pela Companhia.

A escritora editou romances, peças de teatro, contos infantis, ensaios biográficos, e ainda escreveu guiões de televisão. O seu trabalho foi distinguido com mais de 10 prémios, entre os quais o Prémio Camões, considerado o grande prémio literário da língua portuguesa.

O novo avião baptizado de “Agustina Bessa-Luís” junta-se assim às personalidades já homenageadas pela Companhia na sua frota do médio curso, onde figuram nomes que vão de José Saramago a Júlio Pomar, de Luís Vaz de Camões a Manoel de Oliveira, de Fernando Pessoa, a Gil Vicente, Eusébio ou Zé Pedro.

O primeiro voo do avião “Agustina Bessa-Luís” será hoje no TP1026, com destino à capital espanhola.

Mídia

TAP
Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade