Tripulantes de Cabine da Luthansa em greve dia 6 e 7 de Novembro

Tripulantes de Cabine da Luthansa em greve dia 6 e 7 de Novembro
Divulgação

O sindicato de pessoal de cabine da Lufthansa, o UFO, a convocou na passada segunda-feira uma greve de 48 horas para quinta (6) e sexta-feira (7) no âmbito do conflito social que continua na Alemanha.

 

A greve, que vai durar das 23:00 (hora de Lisboa) de quarta-feira às 23:00 (hora de Lisboa) de sexta-feira, e atinge todos os voos à partida dos aeroportos alemães, segundo uma nota do UFO.

O sindicato alemão "não tem legitimidade para representar funcionários", contesta judicialmente a empresa.

No passado domingo, 20 de Outubro, o UFO já tinha organizado uma greve junto das quatro subsidiárias do grupo Lufthansa, originando cerca de cem cancelamentos de voos. No entanto, a empresa principal não foi visada.

O sindicato diz que "todo o grupo está preocupado com essa nova onda de acções", acrescentando que "outros anúncios de greve são possíveis de acontecer a qualquer momento", o que pressupõe a hipótese de a greve se estender também às subsidiárias.

A companhia de aviação alemã já condenou “veementemente” a convocação de greve e anunciou no seu site que “considera uma possível acção legal”.

O Grupo considera não só as greves do sindicato ilegais como também está a estudar o “status sindical” do UFO que, entretanto, perdeu alguns de seus membros durante este conflito.

O caso está já no tribunal alemão que deve analisar a questão em Abril.

Também na próxima quinta-feira, o tráfego aéreo na Alemanha será interrompido por causa da convocação de uma greve do pessoal de segurança nos aeroportos de Düsseldorf, Colónia-Bonn e Stuttgart.

A greve, convocada pelo sindicato Verdi, começará quinta-feira às 02:00 (hora de Lisboa) e continuará até meia-noite local (uma hora a menos em Lisboa).

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade