Azores Airlines registou um prejuízo de 52,93 milhões de euros

Azores Airlines registou um prejuízo de 52,93 milhões de euros
Divulgação

A Azores Airlines registou prejuízos de 31 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2019 e o total do seu passivo elevou-se a 216,2 milhões de euros, indica o relatório de execução financeira das empresas públicas.

Segundo o relatório do terceiro trimestre de 2019 das empresas do Sector Público Empresarial Regional, entregue no passado dia 02 de Janeiro pelo Governo na Assembleia Legislativa Regional dos Açores, o activo da empresa do grupo SATA que voa para fora do Arquipélago era de 67,2 milhões de euros nesse período, segundo noticiou a Lusa.

No caso específico da SATA Air Açores, que garante as ligações entre as ilhas, o resultado negativo foi de 7,6 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2019.

O passivo foi em igual período de 277,5 milhões de euros, tendo o activo atingido 271,8 milhões.

A SATA - Gestão de Aeródromos obteve, por sua vez, um resultado líquido positivo (lucro) de 154 mil euros, sendo o seu activo de 8,7 milhões, enquanto o passivo foi de seis milhões.

Segundo resultados divulgados pela empresa, o grupo SATA fechou 2018 com um prejuízo de 53,3 milhões de euros, um agravamento de 12,3 milhões face ao ano de 2017.

A pesar no resultado estiveram as perdas da Azores Airlines, que registou um prejuízo de 52,93 milhões de euros, e ao qual se junta o resultado líquido negativo de 2,58 milhões de euros da SATA Air Açores.

O documento indica ainda que a empresa Atlânticoline, responsável pelas as ligações marítimas, registou um valor negativo de 1,3 milhões de euros no período entre Janeiro e Setembro de 2019.

O resultado líquido da Portos dos Açores foi de 2,5 milhões de euros negativos, o passivo situou-se em 130 milhões e o activo em 368,4 milhões.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade