TAP adapta-se às circunstâncias decorrentes do surto de Coronavírus

Acompanhando a evolução do surto de Coronavírus a TAP vai tomando as medidas necessárias de forma a minorar o impacto económico provocado pela situação.

Deste modo a Companhia decidiu “reduzir a capacidade para os próximos meses em cerca de 2500 voos adicionais, um ajustamento que se junta ao anunciado na semana passada, de 1000 voos, resultando assim estas medidas numa redução total da oferta de 3500 voos, equivalentes a sete por cento dos voos programados em Março, 11 por cento em Abril e 19 por cento em Maio.

A quebra nas reservas de viagens para os próximos meses que se tem verificado nos últimos dias é a justificação para estas medidas.

A prioridade da TAP é, desde a eclosão do surto de coronavírus, “a proteção da saúde dos seus trabalhadores e passageiros, e a companhia  aérea trabalha e colabora ativamente com as mais importantes entidades, desde logo, e em primeira linha, com a Direção-Geral de Saúde, mas também com a Organização Mundial de Saúde, a ECDC, a CDC, a IATA, a ICAO ou a EASA”.

Desde o inicio do surto que a TAP activou o seu plano de contingência, “que contempla todas as recomendações e procedimentos ditados pelas autoridades de saúde nacionais e internacionais”.


Os cancelamentos agora anunciados continuam a incidir especialmente na operação para cidades nas regiões mais afetadas, sobretudo Itália, mas contemplam também a redução de oferta em outros mercados europeus que mostram maiores quebras da procura, como Espanha ou França, e incluem ainda alguns voos intercontinentais, dado o modelo de operação da TAP, como companhia de longo curso e conexão.


A TAP vai contactar todos os passageiros afectados por estes cancelamentos e em conjunto com eles encontrará as melhores opções e alternativas para a realização das suas viagens.

 

Para garantir maior flexibilidade e tranquilidade aos seus Clientes, a TAP permite desde ontem a alteração de viagens sem pagamento das taxas de alteração em reservas feitas até final de Março. Os Clientes da TAP podem agora alterar a data da viagem, ou o destino para onde quer viajar, sem custo da taxa de alteração para bilhetes comprados entre o dia 08 e 31 de março.

A isenção da taxa de alteração está disponível para voos operados pela TAP em todas as rotas, datas e tarifas (exceto tarifa discount), desde que a viagem tenha sido comprada durante o mês de Março. Os Clientes TAP Miles&Go e Corporate também podem beneficiar desta oferta. 

O pedido de alteração da viagem apenas tem de ser feito, no mínimo, 21 dias antes da partida.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade