Caraíbas e Cuba são os destinos mais vendidos pelas Agências de Viagens da GEA

Caraíbas e Cuba são os destinos mais vendidos pelas Agências de Viagens da GEA
O Turismo . PT

O Director-Geral da rede de Agências de Viagens GEA Portugal revelou que até final de Setembro as reservas hoteleiras foram o que maior impacto registou, seguido das passagens aéreas e só depois os pacotes turísticos.

 

A 15ª Convenção da GEA decorreu nos Salgados, em Albufeira, entre 01 e 03 de Novembro, com uma participação superior a 300 agentes de viagens de todo o país.

Pedro Gordon falou aos jornalistas que, baseado nos resultados até 30 de Setembro, o ano de 2019 foi "moderadamente positivo", ou seja "um pouquinho melhor que o de 2018". O crescimento de venda "de pacotes turísticos foi de 5%, os bilhetes de avião 10% e as reservas hoteleiras 15%". Foi um crescimento geral "entre 3 e 4% face ao ano passado".

Os principais Operadores Turísticos a trabalhar com a rede de Agência de Viagens são: o Joliday e o Soltur, que "continuam a ocupar os primeiros lugares em vendas". No entanto registou-se uma queda de "cerca de 3% face ao ano passado devido aos problemas nas Caraíbas, que afectaram sobretudo o México mas também a República Dominicana”. O que fez com que “o Jolidey e o Solférias, que está no terceiro lugar e cresceu face ao ano passado, estão quase empatadas em volume de vendas”, revelou. O Top continua com o Nortravel (também a crescer), vindo de seguida o “Soltrópico que estabilizou face ao ano passado”. A sexta posição é ocupada pelo Viajar Tours “com menos quatro milhões de euros em vendas que a Soltrópico”. Os restantes lugares dos operadores são ocupados, por ordem decrescente, a Viagens Tempo, a Travelplan, a Sonhando e a Lusanova.

Já no sector hoteleiro, o primeiro lugar é do Veturis, que cresceu 6% face ao ano passado e representa quase o triplo do volume do Bedsonline que, no entanto, registava, até 30 de Agosto, um aumento de 27% em comparação com o ano passado, para 3,8 milhões de euros. Os destinos, e em termos de facturação, “as Caraíbas, com Cuba, continuam à frente” e o “resto está disperso por Cabo Verde, Baleares, Canárias” que continuam a ocupar os principais lugares do Top. Por sua vez a “a Tunísia continua a retoma”, sendo que “a Turquia recuperou alguma coisa”.

A rede passou a contar com 327 empresas, sendo que algumas têm mais do que uma Agência de Viagens.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade