Royal Caribbean investe na construção de um novo terminal de cruzeiros

Royal Caribbean Cruises assina contrato de longa duração com a Galveston Wharves  para a construção de um novo terminal de cruzeiros

 

O Porto Marítimo de Galveston, o quarto porto marítimo com mais movimento da América do Norte, assinou um contrato de longa duração com a Royal Caribbean Cruises Ltd. para a construção de um novo Terminal de Cruzeiros.

Será um investimento avaliado em 100 milhões de US Dólares e  será através de uma parceria público-privada que a RCL (Royal Caribbean Cruises Ltd) irá contruir “o terminal e alugar o mesmo por um período inicial de 20 anos, com quatro opções de extensão contratual de 10 anos”.

O terminal contará com uma área útil de, aproximadamente, 51.800m2 e irá localizar-se na Secção Este do Porto Marítimo, conhecida como Pier10.

A construção tem o seu inicio programado para Abril de 2020 terminando  no Outono de 2021.

O edifício será apetrechado com as mais recentes tecnologias, incluindo “checkin electrónico e reconhecimento facial, de forma a agilizar o embarque dos passageiros”.

O terminal será projectado e construído de forma sustentável, cumprindo os padrões de certificação LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental).

Rodger Rees, Director Geral e CEO do Porto Marítimo de Galveston, afirmou: “Este é um momento histórico, não apenas para o porto marítimo, mas também para Galveston. Esta parceria irá trazer crescimento económico à região e ao estado do Texas, oportunidades de emprego e receitas para o estado. Também irá trazer mais visitantes à ilha, que será agora um destino de cruzeiros mundial. Estamos muito gratos por esta parceria com a Royal Caribbean”.

À medida que a indústria dos cruzeiros cresce no Porto de Galveston, o impacto económico local e nacional é notório.
O negócio dos cruzeiros em Galveston cresceu 13% em 2018, “um crescimento que resultou em 1.5 biliões de US Dólares em gastos directos da indústria de cruzeiros e em 26.241 empregos, cujos salários acumulados e anuais rondam um total de 1.75 bilião de US Dólares.”

Michael Bayley, Presidente e CEO da Royal Caribbean International afirmou: “Estamos entusiasmados com a parceria que estabelecemos com o Porto de Galveston para o desenvolvimento de um terminal com tecnologias de última geração, que será a porto de partida dos maiores navios da nossa frota, incluindo o “Allure of the Seas”. O novo terminal irá permitir-nos trazer mais passageiros para esta região, um aumento expectável de 50%, que representa um impacto económico expectável de 100 milhões de US Dólares apenas no primeiro ano.”

A parceria entre o Porto de Galveston e a Royal Caribbean começou em 2002 com a inauguração do “Rhapsody of the Seas”. Actualmente, é o porto de partida do “Enchantment of the Seas” e do “Liberty of the Seas”.

Em Novembro de 2021, o novo terminal de cruzeiros irá receber um dos maiores navios de cruzeiros do mundo, o “Allure of the Seas”. Depois de uma revitalização de 165 milhões de US Dólares, o Allure irá proporcionar ainda mais aventuras com o Ultimate Abyss, o escorrega mais alto em alto mar, com 10 decks de voltas e reviravoltas; The Perfect Storm, um trio emocionante de escorregas aquáticos; e uma variedade de opções gastronómicas novas, incluindo o Giovanni’s Italian Kitchen & Wine Bar, o Playmakers Sports Bar & Arcade e o El Loco Fresh. O Allure irá operar cruzeiros com sete noites pelas Caraíbas, desde Galveston.

Dia dos Namorados

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade