“Região Sensação” assim classifica o Turismo Porto e Norte aquela região

Luís Pedro Martins presidente do Turismo do Porto e Norte (TPNP), na sua intervenção no Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo mostrou-se optimista relativamente ao desenvolvimento que o Turismo vem revelando, na região tanto em número de dormidas como de hóspedes.

 

 No congresso que decorreu em Viana do Castelo Luis Pedro Martins revelou-se optimista, no que respeita à região norte embora haja sinais de abrandamento a nivel nacional.

 
Para obstar a estes sinais, apontou alguns desafios que servirão para evitar a quebra do crescimento qu se tem vindo a revelar. Para Luis Pedro Martins a internacionalização é um dos caminhos a seguir, bem como “um maior apoio ao sector privado no esforço de promoção que tem vindo a desenvolver nos últimos anos”Também o reforço da mobilidade na região, a aposta no digital como apoio à gestão e sustentabilidade do sistema turístico no destino e ainda o potenciamento do valor da autenticidade e da paisagem com a estruturação de produtos competitivos foram outros desafios lançados pelo presidente da Região de Turismo Porto e Norte.

 
Luis Pedro Martins defende ainda que são necessários “todos públicos e privados, de trabalhar em conjunto no sentido de encontrar meios e instrumentos que apoiem a competitividade empresarial, concretamente no pós-2020”

 
Lembrou ainda as condicionantes externas que não podemos controlar como o problema do ‘brexit’, ou ainda a falênciaa de companhias aéreas e operadores turísticos, mas para as quais há que encontrara forma de as contornar.Segundo Luis Pedro Martins a“integração das ligações aeroportuárias com o transporte público será uma realidade incontornável” mas também deverá ter-se em conta o aparecimento de um novo tipo de viajantes.

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade