WQS – Teresa Bonvalot alcança 3.º lugar nas Canárias

Associação Nacional de Surfistas anuncia que a jovem portuguesa só foi travada nas meias-finais do QS1500 de Tenerife, tendo assim alcançado o terceiro lugar

 

Teresa Bonvalot alcançou este sábado o 3.º posto final no QS1500 de Tenerife, nas ilhas Canárias.

A jovem surfista portuguesa, de 20 anos, “só foi travada nas meias-finais da prova espanhola, falhando assim o acesso à final feminina na praia de Las Americas”.

Numa prova que contava unicamente com quatro surfistas, “Teresa enfrentou a basca Ariane Ochoa na primeira meia-final”.


No entanto as condições de mara pioraram consideravelmente em relação ao dia anterior pelo que Teresa teve alguma dificuldade “em encontrar a onda certa, terminando a disputa com apenas 8,50 pontos, contra os 12,16 da adversária”.


Apesar de ter falhado o acesso à final, Teresa Bonvalot somou 975 pontos para o ranking e ainda garantiu um prémio monetário de 1000 dólares. Pontos que são importantes para o ranking e que a vão colocar à entrada do top 10 mundial, depois de em janeiro já ter conseguido um importante 17.º posto no QS5000 da China.


Além do resultado de Teresa Bonvalot, destaque ainda para o 5.º posto final da campeã nacional Yolanda Hopkins, que foi eliminada pela compatriota nos quartos-de-final, e ainda o 9.º posto da júnior Francisca Veselko. Já na prova masculina Pedro Henrique foi o melhor representante nacional em prova, terminando no 13.º posto, depois de ser eliminado na 5.ª ronda deste QS1500 de Tenerife.


Agora, o ranking mundial de qualificação (WQS) segue para outros continentes, com as próximas provas a decorreram no Brasil e Austrália. No QS5000 de Fernando de Noronha, que começa já terça-feira, Portugal vai estar representado por Vasco Ribeiro e Sidney Guimarães. Na Austrália a bandeira nacional será carregada pela campeã nacional Yolanda Hopkins nestes primeiros eventos.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade